Taça de Portugal 55/56


Estádio Nacional - F.C.Porto 2 - Torreense 0
DOIS GOLOS DE HERNÃNI

Uma goleada ao Portimonense (13-1) iniciou a caminhada que levou a festa azul-e-branca às bancadas do Jamor. Académica (2-1), Leões de Santarém (5-1), e Marítimo (1-0) foram os adversários seguintes. Num confronto de técnicos sul-americanos - o brasileiro Yustrich, e o argentino Óscar Tellechea - e dois golos de Hernâni, puseram fim ao conto de fadas do Torreense e ofereceram ao F.C.Porto a primeira Taça de Portugal da sua história.

No porta-chaves do "homem do chicote", do "homem mau", do "Homão", estava guardada a chave de ouro com que o F.C.Porto fechou a época.



PINHO, PEDROTO, M. da COSTA, MIGUEL ARCANJO, CAMBALACHO, VIRGÍLIO
 HERNANI, GASTÃO, JABURU, CARLOS DUARTE, PERDIGÃO











Sem comentários: