Os Filhos do Dragão | EdgeCompany | Edgelomography Fisheye |

Oliveira


António Oliveira - Jogador e Treinador Bicampeão
10 de Junho de 1952 -  Penafiel

Posição: Avançado
Internacionalizações: 24
Clubes Representados: F.C.Porto ; Bétis ; Penafiel ; Sporting ; Maritimo

António Oliveira nasceu para o futebol nos escalões de formação do F.C.Porto. Esteve no clube no seu ressurgimento nacional, e após ter passado por outras colectividades voltou para se sagrar Bicampeão como técnico. Bem cedo Oliveira revelou ser um jogador acima da média. Após ter ficado ligado ao clube, com 15 anos, por recomendação dos experientes António Feliciano e Artur baeta, ingressou na equipa principal ainda muito jovem jogando ao lado de Pavão, seria para ele que o malogrado jogador faria o último passe antes de tombar para sempre no relvado das Antas.

Em 1972 só não paricipou na Minicopa no Brasil após ser o único portista convocado por motivo de lesão. Quando José Maria Pedroto regressou às Antas para fazer uma das maiores revoluções do futebol nacional e trazer de novo o F.C.Porto à ribalta, Oliveira já era o mestre da companhia. O grande artista do plantel. Goi nessa condição que levou o F.C.Porto à conquista da Taça de Portugal de 1977, e do Bicampeonato de 1977/78 e 1978/79.

Após uma experiência malograda no Bétis de Sevilha a sua carreira como jogador do F.C.Porto terminou pouco depois por se ter incompatibilizado definitivamente com o presidente Américo de Sá, após este ter expulso do clube Pinto da Costa e José Maria Pedroto. Fez uma travessia no deserto no clube da sua terra, o Penafiel, onde foi jogador-treinador, e alcançou resultados sensacionais e manteve o estatuto de internacional.

Fez as últimas temporadas de futebolista no Sporting alcançando de novo um título e uma Taça de Portugal. Deixou de jogar em 1986 e abraçou a carreira de treinador. Após ter levado Portugal à fase final do Europeu de 1996, regressou ao F.C.Porto como técnico principal. Em dois anos conquistou dois títulos nacionais.

ÉPOCAS - 70-71 a 79-80
VENCEDOR DA TAÇA DE PORTUGAL 76-77
BI CAMPEÃO NACIONAL 77-78 78-79
249 JOGOS 86 GOLOS










































PENAFIEL

1 comentários:

At 10 fevereiro, 2016 Anónimo said...

Excelente futebolista, inteligente a jogar

 

Enviar um comentário